Projetor compacto exibe imagens diretamente de pen-drives e smartphones

Nokia decepciona em smartphones e demite diretor de vendas
20 de abril de 2012
Receita do Facebook supera US$1 bilhão
24 de abril de 2012

Imagine tirar do bolso um pen-drive e um projetor que cabe na palma da mão e exibir em qualquer parece branca imagens em alta definição com amplitude de 90 polegadas. Ou então tirar da mochila seu console e jogar com os amigos seu game preferido.

O mini-projetor Qumi, que acaba de ser lançado no país pela Vivitec, possibilita essas e muitas outras aplicações. Com apenas 16 cm de comprimento, o projetor tem desempenho superior ao de muitos equipamentos robustos que estamos acostumados a ver em palestras e salas de aula.

O Qumi pesa 617 grama e é compatível com smartphones, tablets, notebooks, câmeras, blu-rays e videogames. Além disso, roda arquivos diretamente de pen-drives e cartões microSD.

Com tecnologia DLP da Texas Instruments (a mesma usada em cinemas), o Qumi oferece resolução de 720 p (HD) e brilho de até 300 lúmens. Conectado a uma fonte 3D, como um notebook, projeta imagens tridimensionais – com o uso de óculos especiais.

Outro atrativo do mini-projetor, que tem preço sugerido de R$ 2.499 reais, é a longa duração de sua lâmpada LED de projeção, que chega a 30 mil horas. “Se você usar o Qumi quatro horas por dia, sua lâmpada vai durar mais de vinte anos”, destaca André Teixeira, Gerente de Canais e Vendas da Vivitek no Brasil.

Fonte: RedeTV.